Terça-feira, 12 de Agosto de 2014

Le Lac

 

 

© Nadir Afonso.


publicado por Laura Afonso às 07:59
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 27 de Abril de 2014

...

 

© Nadir Afonso.

tags: ,

publicado por Laura Afonso às 23:10
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Agosto de 2013

Gaia

 

© Nadir Afonso


publicado por Laura Afonso às 13:12
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 3 de Agosto de 2013

Nadir nas margens do Sena, 1946

tags: ,

publicado por Laura Afonso às 23:06
link do post | comentar | favorito
|

Nadir Afonso autografando


publicado por Laura Afonso às 16:07
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2012

Baltimore

© Nadir Afonso

 


publicado por Laura Afonso às 19:34
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Maio de 2012

Nadir Afonso - Catálogo de exposição de serigrafias na Casa Museu Bissaya Barreto em Coimbra

 

 


publicado por Laura Afonso às 14:41
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 28 de Outubro de 2011

Pontes de Paris de Nadir Afonso

 

© Nadir Afonso

 


 


publicado por Laura Afonso às 16:16
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 8 de Fevereiro de 2011

O Tempo Não Existe

 

 

A natureza não faz previsões: o homem é que as faz. É por desconhecer esta verdade natural que caímos no erro da existência do tempo.

 

Nadir Afonso, Manifesto: O Tempo Não Existe

 

Dinalivro, 2010


publicado por Laura Afonso às 22:01
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 1 de Abril de 2010

Nadir Afonso em Odivelas I


publicado por Laura Afonso às 10:56
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2009

Nadir Afonso na Assembleia da República: As Cidades no Homem

Link Videos Sapo: As Cidades no Homem

 

 

http://videos.sapo.pt/eJMTg4wwmCLacsfJZQiw

 

http://noticias.sapo.pt/noticias/fotos/nadir_afonso

 

 

 Link RTPN (Arquitectarte) Apresentação da Fundação Nadir Afonso:

 

http://tv.rtp.pt/programas-rtp/index.php?p_id=24383&e_id=&c_id=7&dif=tv&dataP=2009-01-29

 

 

Link Programa “Cartaz” da Sic - 19 -01-2009:
http://sic.aeiou.pt/online/video/informacao/Cartaz/2009/1/fundacaonadirafonsoemchaves.htm 

 


publicado por Laura Afonso às 23:13
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 22 de Novembro de 2007

Nadir Afonso - Chronological Biography

Nadir Afonso

Chronological Biography 

1920 - Nadir Afonso Rodrigues born in Chaves on 4th December, son of Artur Maria Afonso and Palmira Rodrigues.

1924 – Paints a perfect circle in red paint on the living-room wall.

1934 – First oil paintings.

1938 – Wins 2nd prize in the «What is the most beautiful piece of Portuguese landscape?» at the age of 17. Enrols to study architecture at Escola de Belas-Artes in Porto.

1940 – First exhibitions as a student of Escola de Belas-Artes, participating in all the Grupo dos Independentes exhibitions until 1946.

1943 – The phenomenon of optics, something that he had always loved, emerges and guides his first studies.

1944 – Receives enthusiastic reviews for his participation in the 9th Lisbon Modern Art Exhibition (SNI). Surrealist period.

1945 – Participates in an aesthetic mission in Évora under the guidance of Mestre Dordio Gomes where he paints «Évora surrealista» At the tender age of 24 the work «A Ribeira» (The Riverside) by Nadir Afonso is acquired by Museu de Arte Contemporânea in Lisbon. “Rainbow” period.

1946 – Leaves for Paris. Enrols at Écoles des Beaux-arts in Paris. Obtains a study grant from the French government through Portinari. He begins working with Le Corbusier.

1947 - Le Corbusier gives him the mornings to paint without docking his wages. Beginning of his Baroque period. He uses Fernand Léger’s studio for a period of time.

1948 – Defends his thesis — «Architecture is not an Art» — in the city of Porto with a project done in Paris under the guidance of Le Corbusier. Beginning of his Egyptian period.

1949 – Works on the reconstruction of cities destroyed by the war in Normandy. Egyptian period. Exhibition at the Galeria Fantasia Porto

1950 – Works with Le Corbusier again.

1951 – Leaves for Brazil, where he begins working with Óscar Niemeyer on the IV Centenary of the City of S. Paulo project.

1954 – Returns to Paris where he re-establishes contact with artists focussed on the kinetic quest and works on his studies that he calls «Espacillimité». Divides his time between focussing on architecture and other periods when he dedicates his time exclusively to painting.

1956 – Exhibition at the Denise René gallery Paris. Aesthetic research at Paris University.

1957 - Exhibition at the Denise René gallery Paris.

1958 – Exhibition at Salon des Réalités Nouvelles, Paris. «La Sensibilité Plastique» published, Presses du Temps Présent, Paris.

1959 – Exhibition at Maison des Beaux-arts, Paris. Exhibition at Galeria Divulgação, Porto. Works on plans for Bagnols-sur-Ceze, city connected to the Marcoule atomic centre, for Candilis and plans for Balata, in Martinique.

1961 – Works on architecture projects in Chaves and Coimbra. Exhibition at SNI, Lisbon.

1963 – Exhibition at Escola de Belas-Artes in Porto. Represents Portugal at the S. Paulo Biennial.

1965 – Draws up the plans for Agadir for Candilis. Nadir Afonso gives up architecture definitively and aware of his own inability to adapt socially and integrate into the Portuguese artistic circle of the time, he withdraws little by little into major isolation to devote himself to creating his own work.

1966 – Exhibition at the Cooperativa Árvore in Porto.

1967 – National Painting Award.

1968 – Exhibition at SNI Lisbon. Receives Gulbenkian Foundation Scholarship to work in Paris. Fernando Guedes publishes «Nadir Afonso». Verbo, Lisbon.

1969 - Amadeo Souza-Cardoso Prize. Represents Portugal at the S. Paulo Biennial.

1970 - Publishes «Mécanismes de la Création Artistique», Editions du Griffon, Neuchâtel, Switzerland (published in French, English and German). Retrospective Exhibition at the Calouste Gulbenkian Foundation’s Centre Culturel Portuguais in Paris. Same retrospective in Lisbon at Fundação Calouste Gulbenkian. Exhibition Centre de Culture TPN, Neuchâtel, Switzerland

1971 - Exhibition Galeria Buchholz, Lisbon.            .

1972 - Exhibition Galeria Alvarez, Porto.

1974 - Exhibition Selected Artists Galleries, New York. Aesthetic Synthesis published, Edições Alvarez in collaboration with Selected Artists Galleries, New York.

1975 - Exhibition Galeria Dois, Porto. Exhibition Galeria Quadrum, Lisbon.

1976 - Exhibition Art-Service Galerie, Paris.

1978 - Exhibition Galeria Tempo, Lisbon. Art-Service Galerie, Paris. Flaviense Regional Museum.

1979 - Exhibition Galeria S. Mamede, Lisbon. Exhibition Galeria Tempo, Lisbon. Exhibition Galeria Jornal de Notícias, Porto. Exhibition Galeria Dois, Porto. Exhibition Fundação Gulbenkian, Paris.

1980 - Exhibition Galeria Quadrum. Lisbon.

1981 - Exhibition Museu Proença Júnior, Castelo Branco. Exhibition Galeria S. Mamede, Lisbon.

1982 - Exhibition Galeria S. Mamede, Lisbon. Member of the Academia Nacional de Belas-Artes.

1983 - Exhibition Cooperativa Arvore, Porto. «Le Sens de l'Art» published, Imprensa Nacional, Lisbon.

1984 - Exhibition Galeria S. Mamede, Lisbon. Exhibition Galeria Gilde, Guimarães. Receives the Ordem Militar de Santiago de Espada from the Portuguese President General Ramalho Eanes.

1985 - Exhibition Galeria Bertrand, Lisbon. Exhibition Galeria S. Pedro, Amarante. Exhibition La Madraza, Granada.

1986 - Exhibition Portuguese Embassy, Brasília. Exhibition Cooperativa Árvore, Porto. Exhibition Pousada de Santa Marinha, Guimarães. Monograph Nadir Afonso published, Bertrand Editora, Lisbon. The Portuguese Post Office issues stamp with work of Nadir Afonso.

1987 - Exhibition Galeria Bertrand, Lisbon. Exhibition Galeria Quadrado Azul, Porto.

1988 – Exhibition Souza-Cardoso Museum, Amarante. Exhibition Art-Service Galerie, Paris.

1989 - Exhibition Galeria Quadrado Azul, Porto.

1990 - Exhibition Galeria Y Grego, Lisbon. «Da Vida à Obra de Nadir Afonso» (The Life and Work of Nadir Afonso) published, Bertrand Editora, Lisbon.

1991 - Exhibition Art-Service Galerie, Paris. Exhibition Galeria Quadrado Azul, Porto.

1992 - Exhibition Galeria Y Grego, Lisbon.

1993 - Exhibition Flaviense Regional Museum, Chaves. The School 2+3 in Chaves is given the name Nadir Afonso. Jorge Campos makes a film about Nadir Afonso for Radiotelevisão Portuguesa.  

1994 - Exhibition Art-Service Galerie, Paris. Exhibition Galeria Dário Ramos, Porto. Monograph Nadir Afonso published, Bial, Porto.

1995 - Exhibition Cooperativa Árvore, Porto.

1996 - Exhibition Galeria Neupergama, Torres Novas. Exhibition Art-Service Galerie, Paris. Produces panels for the Restauradores Metro station in Lisbon.  

1997 - Exhibition Galeria António Prates

1998 - «Nadir Afonso» Monography published, Livros Horizonte.

1999 - «O Sentido da Arte» (Sense of Art) published, Livros Horizonte, Lisbon. «Obra gravada» (Recorded Work) published, Edições Coelho Dias

2000 - Exhibition Estarreja City Council Cultural Centre. «Universo e o Pensamento» (Universo and Thought) published, Livros Horizonte, Lisbon. «O Porto de Nadir» (Nadir’s Port), Edições Coelho Dias, Lisbon.

2001 - Exhibition Cascais Cultural Centre.

2002 - Exhibition Galeria São Mamede. Exhibition Ovar City Council Cultural Centre. «Van Gogh» published, Chaves Ferreira Publicações, Lisbon — chosen book at the Frankfurt Book Fair of 2003 and selected for the Leipzig Book Museum. 

2003 - Exhibition Centro Cultural da Deputation de Ourense, Spain. Exhibition and Celebrated Artist at the 25th International Biennial of Vila Nova de Cerveira, where he presents an anthology exhibition. «O Fascínio das cidades» (The Fascination of Cities) published, Cascais City Council. «Da intuição artística ao raciocínio estético» (From Artistic Intuition to Aesthetic Thinking) published, Chaves Ferreira Publicações, Lisbon.

 2004 – Ceebrated Artist at the 2nd Estoril International Fair and award of the Nadir Afonso Prize. Exhibition Centro Cultural Bragança

 2005 - Exhibition Fórum Cultural Ermesinde. Exhibition Centro Português de Serigrafia (Portuguese Serigraphy Centre)

 2006 – Exhibition Galeria S. Mamede, Porto. Exhibition Chaves Municipal Library. Exhibition Portalegre Tapestries inspired by the works of Nadir Afonso.

2007 -  «O Bando» theatre company present the play «A linha da Viagem – um conto coreográfico em Terras de Nadir» (The Journey’s Line – a choreographed tale in the Land of Nadir) by Madalena Victorino. Exhibition of prints at Estoril Casino Gallery. Exhibition of prints at Casa das Artes, Vila Nova de Famalicão. Exhibition Galeria António Prates with presentation of large scale canvasses. Portuguese Post Office issue stamps with the works of Nadir Afonso. Exhibition Galeria Jornal de Notícias, Porto. Exhibition Galeria Jornal de Notícias, Porto. The Portuguese Post Office issues stamp with work of Nadir Afonso.

Represented in museums in Lisbon, Porto, Amarante, Rio de Janeiro, S. Paulo, Budapest, Paris (Georges Pompidou Centre), Wurzburg, Berlin, among others.

 

 

 

 


publicado por Laura Afonso às 19:31
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 16 de Setembro de 2007

Exposção de Nadir Afonso na Galeria do Diario de Notícias - de 20 de Setembro até 24 de Novembro.


publicado por Laura Afonso às 16:36
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 23 de Junho de 2007

Nadir Afonso - Frases Soltas



O homem volta-se para a geometria como as plantas se voltam para o sol: é a mesma necessidade de clareza e todas as culturas foram iluminadas pela geometria, cujas formas despertam no espírito um sentimento de exactidão e de evidência absoluta.

Nadir Afonso

Este artista que eu conheço há mais de 20 anos é sem dúvida o mais importante pintor português contemporâneo e a sua obra é injustamente pouco conhecida no mundo.

 

Victor Vasarely, 23-11-1968

 

 

 

Os escritos de Nadir são profundos e tocam a essência das coisas. Eles deveriam impor-se pelas suas qualidades únicas e eu seria levado a crer que eles visarão a imortalidade.

Marcel Joray, 7-3-1988

 

 


publicado por Laura Afonso às 17:43
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 20 de Junho de 2007

Exposição de Nadir Afonso na Galeria do Jornal de Notícias


Rua Gonçalo Cristóvão , 195
Porto

Até 26 de Agosto





publicado por Laura Afonso às 19:34
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 16 de Junho de 2007

Caracteres


© Nadir Afonso

publicado por Laura Afonso às 16:59
link do post | comentar | favorito
|

O Sentido da Arte

Nadir Afonso analisa os mecanismos da criação artística a partir de quatro princípios: sob a forma de condições de existência, as leis preexistem no cosmos; universo e obra de arte mantêm com estas leis relações de semelhança; é mediante a sensibilidade receptiva a esse meio legítimo que o criador concebe o objecto; daí que, para sentir as qualidades próprias do objecto criado, seja necessário contemplar as leis. Começando por uma explicação dos erros da percepção, o autor prossegue enumerando as contradições em que caem normalmente os estetas e historiadores do fenómeno artístico, acabando por mostrar que o Sentido da Arte não está na intencionalidade do sujeito, nem na extensão do objecto, mas nas condições reais da existência.

Para Nadir Afonso, estas condições não são idênticas às que o marxismo e o idealismo (Hegel e Husserl, em particular) propuseram, já que apenas se referem à precisão matemática de relações qualiquantitativas. Assim, não há nenhuma necessidade de entremear a arte com qualquer magia e mitologia, ou de acreditar que ela expressa estados da alma e paixões do corpo. O único mistério da arte é o da preexistência das leis. Mistério que o autor não procura resolver através de uma nova metafísica, dado que apenas lhe interessa perceber a relação entre o acto humano de criação e as causas primeiras. Para o efeito, Nadir Afonso dedica-se particularmente aos fenómenos da percepção das formas geométricas anteriores ao homem - sol e disco lunar, superfícies do céu e do mar limitadas pela linha do horizonte, troncos que se entrecruzam em quadrados, triângulos e rectângulos -, pois são estas as figuras básicas da Arquitectura, da Pintura e da Escultura, como das restantes artes. Para ele, toda a arte se limita a descobrir e representar estas formas simples, ou a aduzir-lhes as estruturas mais desenvolvidas que delas decorrem. Deixando de lado a criação "ex nihilo", Nadir Afonso insiste na ideia de que a originalidade de cada objecto evoca os outros, expressando simultaneamente a perfeição das figuras para o sujeito, dentro de uma totalidade que tende para a harmonia da bela forma que confere à arte a sua universalidade.

 


publicado por Laura Afonso às 16:37
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 3 de Junho de 2007

Nadir Afonso in «Arquitectura e Vida»

Num mundo que vive, cada vez mais, de aparências e vaida­des, conversar com alguém como Nadir Afonso é um bálsa­mo para o espírito. Figura ímpar do pensamento e da arte portuguesa do século XX, aos 85 anos continua a prezar as mesmas qualidades - a sinceridade, a modéstia, a obsti­nação, a acutilância, a generosidade, a sabedoria - que o têm orientado ao longo de uma vida plena de experiências e sucessos.

Mais que um desfile de recordações, estas duas horas de conversa, no conforto da casa de Nadir, em Cascais, consti­tuíram uma viagem fascinante à memória de um homem que fala, com a paciência dos grandes mestres, sobre o seu per­curso profissional e artístico, as suas ideias e inquietações. Num registo pleno de expressividade, aceitou reviver alguns momentos fulcrais dessa história, fazendo sempre questão de representar todas as personagens e de convocar todas as vozes que dela fizeram parte ou que com ela se cruzaram. Nascido em Chaves em 1920, Nadir Afonso fez o curso de Arquitectura na Escola Superior de Belas-Artes do Porto. Curiosamente, diz nunca se ter sentido arquitecto, quando só alguém notável nesta área poderia ter, como ele teve, o privilégio de trabalhar com os melhores do mundo - primei­ro em França, com Le Corbusier (1948-51), depois no Brasil, com Oscar Niemeyer (1952-54).

No entanto, nada desviou Nadir da sua total propensão para pintar nem da certeza de que as leis que regem a Pintura e a Arquitectura são diferentes. Além de materializada nos seus trabalhos plásticos, essa tomada de consciência tem sido, desde então, catalisadora de uma extensa obra teórica. Como artista, continua a procurar incessantemente as essências e o absoluto, e a encontrar na harmonia geomé­trica o reflexo da ordem primordial do Universo

Entrevista de Vladimiro Nunes  in «Arquitectura e Vida»


 


publicado por Laura Afonso às 14:51
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Junho de 2007

Clérigos de Nadir Afonso

© Nadir Afonso


publicado por Laura Afonso às 12:18
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 30 de Maio de 2007

Pontes de Leninegrado de Nadir Afonso

© Nadir Afonso


publicado por Laura Afonso às 18:22
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Le Lac

. ...

. Gaia

. Nadir nas margens do Sena...

. Nadir Afonso autografando

. Baltimore

. Nadir Afonso - Catálogo d...

. Pontes de Paris de Nadir ...

. O Tempo Não Existe

. Nadir Afonso em Odivelas ...

. Nadir Afonso na Assemblei...

. Nadir Afonso - Chronologi...

. Exposção de Nadir Afonso ...

. Nadir Afonso - Frases So...

. Exposição de Nadir Afons...

. Caracteres

. O Sentido da Arte

. Nadir Afonso in «Arquitec...

. Clérigos de Nadir Afonso

. Pontes de Leninegrado de ...

.arquivos

. Agosto 2014

. Abril 2014

. Agosto 2013

. Dezembro 2012

. Maio 2012

. Outubro 2011

. Fevereiro 2011

. Abril 2010

. Fevereiro 2009

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds